Sunday, January 18, 2009


FERNANDO PESSOA sobre a CONSCIÊNCIA:


"A flor flore sem querer

Sem querer a gente pensa

O que nela é florescer,

É em nós ter consciência"




Será a consciência, como advogam os Místicos e os Sábios, algo de constitutivo do próprio SER?

Será a consciência só aquilo que vulgarmente identificamos com a nossa mente que pensa e fala interminávelmente, no nosso interior, ou haverá outros níveis que, mais indescerníveis para a nossa mente discursiva, só em determinadas circunstâncias se nos revelam? Por exemplo, em determinadas situações limite, ou em estados de consciência chamados de "alterados"?

Que consciência tenho de mim quando desperto?

Que consciência quando, ainda no berço, olhava e ouvia e sentia o aroma e o gosto de todas as coisas novas de uma vida em início?

Prestando atenção à consciência, em cada momento em que ela em nós se manifesta, partamos à descoberta daquilo que nos irmana com Humanos, Flores, Pensamentos, Sol, Estrelas e Firmamento.

Isabel

(Texto e Fotos)

18 comments:

Mariz said...

Salvé!
Que sempre possamos fazer florir uma flor no nosso coração. Assim a consciência que é o nosso jardim, vai ficando cada vez mais florido!

Um gesto de PAX num desafio que peoponho!

Sempre...
MAriz

ESPAVO! - como em MU

Isabel José António said...

Querida Amiga Mariz,

Muito obrigado pela sua visita.

Um grande abraço

José António

Serenidade said...

Querido irmão e irmã do coração.

Que o jardim e o farol que existe em cada um de nós fique cada vez mais luminosos, com a consciência de somos os construtores de cada milésimo de segundo da nossa existência terrena.

O "Retalhos" é duma dupla, embora apenas eu Serenidade tenha colocado lá prosas, escritos que me vão na alma.

Obrigada pela vossa passagem, também, por lá. Voltem sempre as minhas/nossas casinhas estão sempre de portas bem abertas.

Um beijinhoe um sorriso sereno.

Isabel José António said...

Olá Querida Mana Carla,

Muito obrigado por teres passado nesta nossa/tua casa.

Um grande abraço de luz.

José António

CarlaSofia said...

Boa Noite queridos amigos,
A consciência é a parte do divino deixada nós. Essa consciência tem vários níveis que vão sendo trabalhados na medida em que evoluímos. Na minha opinião a consciência não pode ser identificada com a mente, pois a mente é um nível muito inferior da consciência. A consciência é mais que a mente. Enquanto que a mente está sempre a trazer imagens e «poluição psiquíca», como diz o mestre Omraam, a consciência deve ultrapassar essa forma de pensamento e evoluir, pela intuição e por aí fora, em direcção à consciência de Si.
E tal como dizem, muitas vezes a consciência de nós dá-se quanto se contempla o que nos rodeia. Porque Somos um só. Na contemplação eu revejo-me...
Deixo um beijinho de LUZ e agradeço a partilha

Angel of Light said...

Queridos amigos!

Tenho muito o hábito de dizer o seguinte quando alguém age de forma diferente da minha: "Agiu de acordo com o seu grau de consciência". Ora a consciência é algo que se vai "trabalhando" através dos sentidos, da nossa realidade, da nossa existência,... através de actos que envolvam, acima de tudo e de preferência, o Amor (... ou não)... através da intuição. Está bem que a consciência também pode seguir o rumo oposto ao Amor... mas se evoluir com base no Amor Incondicional, o ser humano será muito mais feliz e fará tudo e todos que o rodeiam também muito mais felizes.

Obrigada querida irmã de Luz Isabel pelas suas visitas.

Obrigada também querido irmão de Luz José António pelas suas também. A propósito do ego e do livro que me aconselhou... agradeço-lhe e já vi que, quando as pessoas seguem caminhos semelhantes nesta caminhada, as procuras, os interesses são os mesmos. Já tenho esse magnífico livro do Eckhart Tolle "Um Novo Mundo". É simplesmente fantástico e aborda o tema "Ego" com uma enorme profundidade. Já até o aconselhei a duas pessoas que deixaram comentário neste meu post, por achar que a perspectiva do ego apresentada pelo autor é muito, muito boa. Dá muito que "pensar"... deixando os pensamentos de lado! Obrigada na mesma. Assim fica já aconselhado para as restantes pessoas que comentem o post do ego.

Beijinhos de Amor e Luz!

Isabel José António said...

Querida Angel,

Muito obrigado pela sua visita. Talvez que devessemos chamar a essa consciência que tudo vê, sabe e não comenta, PRESENÇA...

Um grande abraço

José António

Isabel José António said...

Querida amiga Carla Sofia,

Muito obrigada pela sua visita a esta nossa e sua casa.

Claro que a Consciência é como que uma presença. Melhor ainda, é a PRESENÇA. E ela está sempre lá. Só quando afinamos o nosso instrumento para a sintonizar ela se manifesta,

Assim lhe consigamos dar esse silêncio em nós para que Ela se manifeste.

Obrigado

Volte sempre

José António

gaivota said...

e com flores poderemos caminhar em paz!
beijinhos

Isabel José António said...

Cara Amiga Gaivota,

Muito obrigado por esta sua visita.

Volte sempre pois nós também a visitaremos.

José António

vida de vidro said...

Um texto para uma reflexão profunda. Bastante bom. **

Isabel José António said...

Querida Amiga Vida de Vidro,

Muito obrigado por esta sua visita.

Assim pudessem todas as pessoas compreender toda a profundidade da vida, das coisas e do Universo.

Um abraço

José António

Dennys Reys said...

Conciência gera paciência em agiar segundo os nosso pesamentos.

Isabel José António said...

Caro Amigo Dennys Reys,

Muito obrigado pela sua visita que já retribuímos.

Um grande abraço

José António

Chica said...

Perfeito tudo isso e muito lindo! Pra mim,a cada dia vamos evoluindo e tendo nossa consciência ampliada. É parte de nós querer evoluir, isso com o aprendizado de cada dia se faz. A cada dia vamos olhando ao nosso lado e PERCEBENDO o que nos rodeia, isso também é a consciência que temos muitos irmãos, vegetais, minerais, animais também...Somos mais evioluidos, mas em constante aprendizado e com ele, ela se amplia.Lindo esse teu blog também! um beijo,Chica

Isabel José António said...

Muito Obrigada querida Chica,

Fomos ver os seus lindos blogues e não resistimos a deixar montes de comentários, espero que os encontre a todos!

Somos a Isabel e o José António e esperamos vê-la por cá muitas vezes...

Nadir Paes said...

Olá Isabel e José Antonio!

Adorei visitir os espaços de vocês. Aqui tem muita sensibilidade e luz.

Ó se cada Ser deixasse naturalmente florir o seu jardim interior....

Com certeza vou passar outras vezes por aqui.

Um grande abraço amigos!
Nadir

VIDA said...

...Prestando atenção à consciência...
Nasce o Observador e o Observado, e a Luz ilumina a ilusão da realidade.

Grato pela partilha

Paz