Sunday, February 18, 2007

Foto de Isabel


"QUEM ?"

A "VERDADE" por detrás desta ideia reside no facto de que só nós poderemos despertar, olhar a vida com outros olhos e SERMOS nós a DIFERENÇA para melhor!

O Poema do José António aborda, precisamente, essa verdade, expressa aqui de forma poética e, ao mesmo tempo, como uma directa interpelação à consciência de cada um.

Mas será que QUEREMOS MESMO UM MUNDO MELHOR?

Isabel

Poema do José António:

QUEM?

Quem, senão tu, pode procurar a verdade?
Quem, senão tu, pode estar atento a TUDO?
Quem, senão tu, pode combater a falsidade,
Mantendo-se imperturbável e resoluto?

Quem fará por ti, o que tens que fazer?
Quem descobrirá em si, a vida, o Universo?
Quem poderá olhar, com olhos de ver
Que tudo tem o seu verso e o seu reverso?

Quem poderá ouvir o trinar das aves,
Aspirar o inebriante perfume das flores,
Sentir os estremecimentos suaves
Da Vida Una que vibra em todas as cores?

Quem carregará com perdas e danos,
Sorrindo e querendo sempre continuar,
Desvendando a ilusão dos enganos,
Descobrindo que somos um só a amar?

Só tu meu irmão desta caminhada,
Feita através deste caminho estreito
Só tu que já pressentes a alvorada!
Da Grande Vida já apanhaste o jeito!

José António

Lisboa, Fevereiro de 2007.

62 comments:

Hanah said...

Lindo, muito lindo....

abraços

Hanah

Aprendiz de Viajante said...

É verdade o que nos diz o poema... temos tanto dentro de nós e por vezes andamos perdidos cá fora.

Um post muito bem feito!...

Bjo e bom Carnaval

Isabel José António said...

Querida Amiga Hanah,

Obrigado pela sua passagem neste nosso espaço.

Que bom que é partilharmos estes pedaços de nós mesmos que nos tocam uns aos outros.

Um abraço

José António

Isabel José António said...

Queria Amiga Elsa,

A afirmação que fazes, como comentário, é tão verdadeira, tão verdadeira...

Se todos nós pudessemos parar, só um pouco, para irmos tentando saber quem somos e quais as capacidades que em nós estão meio adormecidas à espera que as acordem!...

Um grande abraço

José António

elsa nyny said...

Olá! àssei por cá!!
Adorei!
Tudo de bom e muita força!
;)

Isabel José António said...

Olá Cara Amiga Elsa Sekeira,

Obrigado pela sua visita. Também passei por uma das suas casas e deixei lá uma "pequena oferta".

Volta sempre que nós também.

Um abraço

José António

serenidade said...

Em primeiro lugar quero dizer que adorei a ideia de criaremeste cantinho. São assuntos muito interessantes, qualquer que seja o assunto espiritual tratado, e é urgente "abrir" a mentalidade de todos para a espiritualidade que sempre existiu e sempre existirá em cada um dos seres materializados.

Em segundo quero agradecer a agradável visita e resposta em verso que deixaram no meu humilde cantinho, adorei e gostaria de vos ver por lá mais vezes.

Bom Carnaval

Beijos d eluz serena.

MiaHari said...

Olá meus amigos....

MiaHari said...

Escrevi um comentário pensando que seria aceite mas... não foi!

MiaHari said...

E, agora entrou... porquê?
Não desisto de vir a ser bem sucedida!
Beijinhos para ambos.

Isabel José António said...

Cara Amiga Carla "Serenidade",

Muito obrigado pela sua passagem neste nosso cantinho.

Que quiser poderemos continuar a visitar-nos...

Um grande abraço

José António

Isabel José António said...

Querida Amiga Miahari,

Ainda bem que conseguiu "furar" este véu que por vezes se levanta na blogoesfera.

Sabe que é sempre muito bem vinda.

Quando a vamos visitar aparece um "Activex" qualquer e o sistema vai-se para outras dimensões.

Um grande abraço

José António

=^.^= Tarina =^.^= said...

Gostei muito deste poema..
É por vezes não sabemos muito bem onde vivemos e o que fazemos...

Conseguiremos nós responder a todas essas perguntas... Quem?

1 beijinho e obrigada pelas visitas...

=^.^= tarina

Isabel José António said...

Cara Amiga Tarina,

Obrigado pela sua visita.

Claro que se conseguem responder a estas perguntas.

Basta serenarmos todo o nosso SER....

Um grande abraço e voltaremos, certamente, a encontar-nos.

Um abraço

José António

Alexandra said...

Maravilhoso este post!!!

Perguntas... muitas! Respostas... só algumas!

Gostei muito!

Bjs

Isabel José António said...

Querida Amiga Alexandra,

Ainda bem que também passou por este outro nosso espaço.

E, ainda bem também, que gostou.

Volte sempre que queira.

Um abraço

José António

sa.ra said...

Nem mais!
o caminho faz-se caminhando, pelos próprios pés!
ninguém, absolutamante mais ninguém, a não ser nós próprios, poderá ver aquilo que precisamos, ver, encontrar o que precisamos encontrar, transformar o que tem de ser transformado e realizar o que tem de ser realizado!
a verdade está dentro de nós e o caminho é apenas esse: a via que aponta para dentro! Aí reside a sabedoria, a paz, o amor, e por consequência daí advém a mudança e a contribuição para o todo, em consciência, despertos!
uma vez encontada a unidade dentro de nós, toda a unidade se releva também diante de nós, inevitavelmente, num maravilhoso milagre de luz!

beijo
dia mt feliz

Isabel José António said...

Querida Amiga Sa.ra,

Obrigado pelo seu comentário.
Agora para se fazerem comentários e posts está tudo muito complicado.

Vou tentar passar pelo seu "cantinho" e, pela enésima vez, deixar-lhe a minha apreciação, se conseguir.

Um beijo

José António

MiaHari said...

Caminhos distantes
Que percorri
Que não pensei
Pétalas cairam
Voaram
E não vi
Tempo passou
Vento levou
Não vivi
Mas tudo está
E eu estou
Para o que Amo
E não Amei!

Beijinho para ambos.

Isabel José António said...

Querida Amiga Miahari,

Ora seja muito bem aparecida. Estamos encantados com a sua visita e gratos pelas palavras que nos deixou.

Volte sempre.

Um abraço

José António

maat said...

Queridos Amigos, Isabel e José António,


belíssimos estes raios de Luz...
abraços,

***maat

Isabel José António said...

Querida Amiga Maat,

Nem imagina a alegria que ´nos provoca a sua passagem por esta nossa "casa".

Só não passamos mais vezes porque por vezes não se consegue deixar nenhum post nos seus blogues.

Um grande abraço

José António

Luna said...

O teu poema esta lindo, tanto na parte estetica, como o chamar de atenção para o unico caminho da procura interior, que é solitario
beijinhos

Sereia Azul* said...

Há Caminhos do Coração que não podemos deixar de percorrer!
Encontrei-vos nesta minha caminhada e sempre que possa passarei por este cantinho abençoado de reflexão e poesia!

José António, o teu poema está magnífico. Seria realmente maravilhoso que as pessoas reflectissem na sua conduta diária e aprendessem a descodificar as verdadeiras mensagens da alma e do coração.

Ousemos acreditar que sim!

Eu acredito.

Uma brisa de mar com ternura

Sereia Azul*

P.S. Posso "linkar-vos" no meu blog?

Isabel José António said...

Querida Amiga Luna,

Que bom ter gostado deste poema. Sinto-o profundamente dentro de mim e saíu-me, assim dum só jorro.

Volte sempre pois gostamos da sua presença neste nosso espaço.

Também a continuaremos a visitar.

Um Abraço

José António

Isabel José António said...

Cara Amiga Sereia Azul,

Seja muito bem vinda a este nosso espaço.

Ainda bem que gostou e poderá linkar-nos, obviamente.

Bom fim de semana

Um abraço

José António

Liliana said...

...e quem, senão o nosso amigo, para por tudo isto em verso?
Bom fim de semana e um abraço.

Isabel José António said...

Olá Liliana,

Seja benvinda a este nosso espaço.
Por certo não serei eu só a saber "por tudo isso em verso". Talvez que seja apenas e só o canal através do qual todas essas coisas me saem... assim...

Um grande abraço

José António

greentea said...

a verdade estádentro de nós ou

Deus ajuda a quem se ajuda a si próprio !!

um abraço

☆Fanny☆ said...

Cheguei a este caminho movida pelo coração...

Bem hajam por esta iniciativa de luz!

Lindo o poema!!! Parabéns!

Quando as pessoas conseguirem captar os segredos da alma,o mundo transformar-se-á num paraíso!

Um abraço de estrelinhas*

Fanny

foreveryoung said...

Muito bonito!
É mesmo, quem senão nós próprios para escolher e andar pelos caminhos desta vida, aprendendo, experienciando, vivendo!... Os outros apenas servem para nos dar uma ajuda...
Bjs

Isabel José António said...

Querida Amiga Greentea,

Obrigado pelo seu comentário. Cama-se a este tipo de resposta (brincando, claro): Curta, grossa e incisiva. Nem mais!

Um grande abraço e bom fim de semana

José António

Isabel José António said...

Cara Amiga Fanny,

Muito obrigado por ter cá vindo parar. Todos nos encontramos, já que todos trilhamos o mesmo caminho, quer saibamos isso ou não.

Visita-la-emos também.

Um grande abraço

José António

Isabel José António said...

Foreveryoung,

A sua visita aos nossos "aposentos", deixa-nos sempre com grande alegria.

Volte sempre que nos também a visitaremos.

Um abraço e bom fim de semana

José António

david santos said...

Olá!
É verdade. Quem se não nós próprios? É um lindo poema que descreve uma realidade bem evidente, sem dúvida. Parabéns.

Ah, quanto ao comentário que faz no meu canto: 100% de acordo. Penso igual, mas...

Abraços

serenidade said...

É obvio que continuarei a visitar-vos.
Obrigada pela vossa passagem por lá.

Obrigada por tudo.

Bom fim de semana.

Beijos de Luz serena

Isabel José António said...

Caro Amigo David Santos,

Muito obrigado pela sua passagem por esta nossa casa.

Ainda bem que gostou.

Um grande abraço e, certamente, voltaremos a encontrar-nos nas casas uns dos outros.

Bom fim de semana,

José António

Isabel José António said...

Querida Amiga Serenidade,

É sempre bom encontrarmos pessoas na net que tenham afinidades com o que escrevemos. É sinal de algo, no seu mais profundo íntimo, as tocou e, nesse aspecto, vibramos em sintonia.

Obrigado.

Um grande abraço e bom fim de semana

José António

serenidade said...

Amigo,José António, muito obrigada pelas suas palavras no meu humilde espaço. Só queria que soubesse que o que dou de mim, dou com todo o gosto, não sou forçada a nada, sei que dou "Luz" e mais coisas às pessoas que me rodeiam, o que expresso é uma ligeira revolta comigo propria porque dou a todos e a mim teimo em não dar.Por vezes pergunto porquê e não encontro a resposta, porque será que continuo a castigar-me, a não gostar de mim (caso contrário não o faria) etc, etc, etc. Mas sei que tenho o que dou e tenho muito mais para dar e dou-o com todo o gosto, até agradeço aos céus por me dar oportunidade de o fazer.
Obrigada pelas suas palavras.

Beijos de Luz serena.

Isabel José António said...

Cara Amiga Serenidade,

Mais uma vez obrigado pela sua passagem neste nosso espaço.

Um grande abraço

José António

serenidade said...

Claro que sim,
acredito que você e sua esposa são pessoas de Ética e de Bem, caso contrário não teriam estes belíssimos espaços e as palavras carinhosas que vos acompanham...

O meu contacto é: carcon133@hotmail.com, está no meu perfil.

Beijos de Luz serena

Isabel José António said...

Cara Amiga Carla,

Já lhe enviei um email. Mais aprofundado.

Um grande abraço e obrigado pela sua nova passagem.

José António

Círio de Amor said...

Somos todos UM!

Abraço de luz.

Círio de Amor said...

Somos todos UM!

Abraço de luz.

Isabel José António said...

Caro(a) Círio de Amor,

Muito obrigado pela sua visita ao nosso espaço.

Já também visitei a sua casa.

Um grande abraço

José António

sa.ra said...

Queridos amigos,

Vim deixar-vos um beijo e um abraço!

Espero que as dificuldades de comunicação sejam ultrapassadas!

Obrigada pelas vossas visitas e contributos!

Um dia muito feliz para ambos

LARA said...

Lindo.
Parabéns

Isabel José António said...

Querida Amiga Sa.ra,

Muito obrigado pela sua passagem por esta nossa/sua casa.

Um grande abraço

José António

Isabel José António said...

Cara Amiga Lara,

Obrigado pela sua visita. Volte sempre. Também a continuaremos a visitar.

Um abraço.

José António

Avusa said...

respondi ao vosso comentário no blog "Comentários em Cadeia".

Tudo de Bom!!!

Isabel José António said...

Cara Amiga Avusa,

Obrigado pela visita.

Volta sempre.

Um abraço

Jose´António

serenidade said...

Amigo António cada vez que leio este seu poema, mais verdade encontro nele, todos deviamos ter a consciência desta verdade, mas a programação da energia da velha Era está de tal modo enrraizada que é dificil desprogramar para voltar a fazer uma programação que se coadune com a energia Mãe-Terra e a energia cósmica.

Beijos de luz serena

Lúc poems said...

Que poema tão lúcido! Temos que ser nós a procurar aquela que é a nossa verdade e viver de acordo com o seu significado! Não podemos querer uma verdade universal, pois é no conjunto que crescemos e aprendemos a construí-la. :) beijinhos

Isabel José António said...

Para a Amiga Luc Poems,

Muito obrigado pela sua passagem nesta nossa/sua casa.

Já lhe deixei um comment no seu blog.

Um grande abraço

José António

Hanah said...

Passei para deixar-lhes um abraço de bons dias....


até mais....

Hanah

Liliana said...

Olá

Uma boa Páscoa a todos!
Um abraço.

Avusa said...

Caro António, segui-lhe o rasto através do comentário no blog "souka" e queria só deixar-lhe um conselho de um livro que estou a ler. "O infinito na palma da mão" que achei que talvez lhe interessasse, visto o seu vasto conhecimento em energia primordial e interdependencia dos fenémenos.

Bem haja

Isabel José António said...

Querida Amiga Liliana,

Muito obrigado (atrasado) pelos seus votos.

Um grande abraço e sei que a Páscoa foi inspirada e inspiradora para nós e para si.

Grande abraço

José António

Isabel José António said...

Cara amiga Avusa,

Muito obrigado pela "dica". Tomei nota do nome e vou tentar encontrá-lo.

Um grande abraço

José António

LARA said...

Lindo.
Tudo está em nós e nós estamos em tudo.
O que está em cima é igual ao que está em baixo (Hermes Trimegistus)
Parabéns.
Abraço.

Isabel José António said...

Cara Amiga Lara,

Muito obrigado pela sua passagem. De facto é como Hermes disse há milhares de anos atrás. Na sua queria dizer que o "Microcosmos é como o Macrocosmos". A estrutura espiralada duma galáxia é como a estrutura espiralada do ADN sanguíneo.

Volte sempre.

Um abraço

José António

Chica said...

Lindíssimo poema! Se quisermos um mundo melhor, toca a cada um de nós transformá-lo e essa deve vir primeiramente, de dentro de nós. Um abraço e um lindo fim de semana,chica